Posts tagged ‘Sodoma e Gomorra’

28/11/2012

Asteróide pode ter causado a destruição de Sodoma e Gomorra, dizem estudiosos


Asteróide pode ter causado a destruição de Sodoma e Gomorra, dizem estudiosos Asteróide pode ter causado a destruição de Sodoma e Gomorra, dizem estudiosos

Pesquisadores divulgaram que o objeto chamado de “Planisfério” encontrado no século 19 pode estar relatando a destruição das cidades de Sodoma e Gomorra comprovando os relatos bíblicos.

O objeto contendo anotações de um astrônomo foi descoberto por Henry Layaard e passou a ser estudado, mas sempre permanecia como um mistério para os acadêmicos.

A interpretação só foi dada recentemente depois que os pesquisadores Alan Bond, da empresa Reaction Engines e Mark Hempsell, da Universidade de Bristol, usaram técnicas computadorizadas que simulam a trajetória de objetos celestes e assim reconstruíram o céu que foi observado pelo autor do “Planisfério” há milhares de anos.

O resultado da pesquisa diz que o evento anotado na peça datam da noite de 29 de junho de 3123 a.C. (calendário juliano), uma parte do bloco mostra informações sobre a posição dos planetas e das nuvens. Na outra é observado a trajetória de um asteróide com mais de um quilômetro de diâmetro.

Os pesquisadores acreditam que este asteróide teria resultado na destruição de Sodoma e Gomorra. O asteróide descrito no objeto de estudo se chocou contra os Alpes austríacos sem deixar cratera. Voando próximo ao chão, ele foi deixando um rastro de destruição através de ondas supersônicas e se chocando contra a Terra em um impacto cataclísmico.

Mark Hempsell explica para a BBC que o rastro do asteróide pode ter causado uma bola de fogo que atingia temperaturas de 400ºC, o que poderia ter causado um grande devastação em aproximadamente 1 milhão de quilômetros quadrados.

Essa bola de fogo teria atingido o Sinai e algumas regiões do Oriente Médio e Norte do Egito, dando ainda mais certeza sobre o que a Bíblia diz a respeito da destruição das duas cidades que estavam praticando atos imorais.

Fonte: Gospel Prime

25/03/2011

Justiça revoga decisão e igreja pode exibir anúncios publicitários contra sodomia


Um juiz da Alta Corte da Irlanda do Norte revogou uma decisão do órgão regulador de publicidade (ASA na sigla em inglês) que tinha proibido um anúncio de uma igreja por considerá-lo homofóbico.

Em agosto de 2008, pouco antes da parada gay de Belfast, Irlanda do Norte, um anúncio de uma página trazia a manchete “A palavra de Deus contra a Sodomia” e fazia uma convocação para uma manifestação pacífica contra a prática.

A igreja  Presbiteriana Sundown Free, que pagou o anúncio, entrou com uma ação judicial contra a decisão da ASA que decretou que a peça publicitária não poderia ser veiculada daquela forma.

Argumentando que a ASA interpretou mal a citação do anúncio, a igreja explicou que a frase foi tirada do Livro de Levítico e que classifica atos homossexuais como abominação.

Na decisão que saiu essa semana, o juiz decretou que a decisão da ASA interfere no direito de expressão da igreja, que estaria coberta por um artigo da Convenção Europeia de Direitos Humanos que assegura a expressão de posições que choquem ou causem ofensas.

O juiz também observou que o anúncio não continha qualquer exortação à violência e deixava claro que qualquer ato de antagonismo contra homossexuais era inaceitável e injustificável.

Contente com a sentença, o reverendo David McIlveen, da igreja Sundown Free, considerou a decisão “histórica”. “As pessoas podem citar a Bíblia e essa é a liberdade que buscávamos”, disse ele.

Fonte: Gospel Prime/ G1

30/01/2011

Pastor quer BBB no paredão


Pastor quer BBB no paredãoFoi dada a largada! Desde o último dia 11 de fevereiro, milhões de brasileiros estão na frente das telinhas para ver o reality show mais esperado do ano. Isso mesmo! Refiro-me ao Big Brother Brasil 11, o BBB, programa que chega a sua 11ª edição exibido na Rede Globo de Televisão todos os dias durante três meses ao ano. A intenção desta carta é trazer a você, caro leitor(a), esclarecimentos sobre o reality show que tem influenciado milhares de pessoas, inclusive os cristãos.
A atmosfera de Sodoma e Gomorra, conforme descrita na Bíblia tem invadido os lares brasileiros sem pedir licença, com cenas imorais, atos sexuais, palavras chulas, gestos obscenos e comportamentos condenáveis há cerca de dez anos. Mas nesta edição, a coisa parece ter ficado um pouco pior. Com medo de perder a audiência para outras emissoras, a Globo logo no primeiro dia do programa deixou claro que o BBB não terá limites.

Basta ver a declaração do diretor do “Grande Irmão”, J. B. Oliveira, o Boninho, “hora de ir para o hotel passar as regras com os brothers e avisar que vale pancadaria (a frase não foi colocada na íntegra aqui) para ganhar o prêmio”. Em outras palavras, para faturar o prêmio de R$ 1,5 milhão, vale mesmo tudo, inclusive agressões físicas.

Como se não bastasse a orientação absurda de Boninho aos participantes, o diretor do programa ainda incluiu neste ano o “sabotador” na casa. Esse (a) personagem ou pessoa será o/a responsável por atrapalhar o grupo de ganhar dez mil reais. Mais um motivo de divisão entre eles/elas.

E tem mais, que tipo de emoções e desejos um capítulo de BBB produz num/numa adolescente ou jovem solteiro(a)? Que tipo de estímulos e valores um programa desses produz num/numa jovem cristão que procurará se manter virgem até o seu casamento? O que eles/elas têm vontade de fazer após assistir BBB? Orar? Acho que não.

Não é de se estranhar que em nossas igrejas tenhamos tantas pessoas “ficando”, viciadas em masturbação e inclusive solteiros com vida sexual ativa (como mostrou uma pesquisa da Revista Eclesia, 52% dos jovens evangélicos brasileiros confessam haver tido relação sexual antes do seu casamento).

O Inspirador do Big Brother Brasil
O mais famoso romance George Orwell, “1984”, trás no rodapé da capa do livro os seguintes dizeres: Big Brother is watching (Grande Irmão está vigiando você). O livro foi escrito no ano de 1948, mas por força dos editores, o título foi invertido para 1984.
O livro narra o “futuro” na Pista de Pouso Número ou Inglaterra, parte integrante do megabloco da Oceania. É comum o conflito dos leitores com o continente homônimo real.

O megabloco superficial de Orwell tem este nome por ser uma adesão de países de todos os oceanos. O tema principal de 1984 é a transformação da realidade. Não seria esse também o propósito das onze edições do Big Brother Brasil exibidos pela Rede Globo?

Voltando ao livro, fingida de democracia, a Oceania existe em um totalitarismo desde que o IngSoc (o Partido) chegou ao poder sob a liderança do onipresente Grande Irmão (Big Brother). Contado em terceira pessoa, o livro narra à história de Winston Smith, membro do partido externo, empregado do Ministério da Verdade. O cargo de Winston é reescrever e distorcer informações de acordo com a importância do Partido. Nada muito distinto de um historiador ou jornalista. Winston interroga a opressão que o Partido desempenhava nos cidadãos. Se alguém refletisse diferente, cometia crimidéia (crime de ideia em novilíngua) e fatalmente ele desaparecia, ou seja, a pessoa era capturada pela Polícia do Pensamento e extinta. Paredão nele!

A intenção de Orwell era apresentar um futuro fundamentado nas aberrações do presente. Winston Smith e todos os cidadãos tinham ciência que qualquer atitude suspeita poderia expressar seu fim, e não apenas sair de um programa de tv com o bolso cheio de dinheiro, mas desaparecer de fato. Não é o que acontece no BBB?  Os participantes ficam se policiando nas palavras porque qualquer atitude por gestos ou palavras, pode servir contra eles mesmos. No livro, os vizinhos e os próprios filhos eram incentivados a denunciar às autoridades quem cometesse crimideia.

Para expressar suas emoções, Winston escreve todos os dias em seu diário usando o canto “cego” do apartamento. Somente assim, ele não era flagrado pela teletela.A primeira frase que Winston escreve em seu diário é atual e justificável: abaixo o Big Brother!

Há uma intenção por trás do BBB que é nivelar toda a sociedade de tal forma que as pessoas achem que “tudo é normal”. Sinceramente, está na hora de colocar o BBB no paredão. Reflita: vale a pena assistir o BBB 11? Não deixe que a mídia influencie seus pensamentos.

Pr. José Geraldo Magalhães Jr

 

Fonte: Creio

%d blogueiros gostam disto: