Posts tagged ‘Traição’

10/10/2012

‘Adultério corre solto dentro das igrejas’, afirma conselheira de relacionamentos


Em um artigo intitulado “Trair e coçar, é só começar”, uma conselheira espiritual e blogueira evangélica recentemente chocou, apontando para os casos de adultério nas igrejas.

“O título te escandalizou? Ou foi a imagem? Sabe o que que mais me escandaliza, ou melhor, indigna? É saber que o adultério corre solto dentro das igrejas”, afirma Dani Marques, que escreve e aconselha sobre relacionamento conjugal e educação de filhos.

Além de casos relatados na mídia, Dani afirmou que ela recebe diversos e-mails revelando escândalos dentro da igreja na área da sexualidade.

“Não, não estou falando de pessoas que vez ou outra traem, se arrependem genuinamente e buscam restauração em Cristo, mas sim daqueles que se dizem irmãos e vivem na imoralidade. Ou seja, adultério e prostituição fazem parte de sua vida tanto quanto a oração e a leitura da Palavra”.

Dani relembra os crentes de que o adultério, segundo Jesus disse, não envolve apenas o ato físico, apontando para Mateus 5:28 (“Qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela em seu coração.”)

Ela lista 8 tipos de imoralidade comuns entre os religiosos:

1 – Pastores que traem suas esposas com mulheres da própria igreja;
2 – Mulheres que sentem prazer em acentuar suas curvas para atrair olhares;
3 – Líderes religiosos frequentadores de prostíbulos;
4 – Líderes de jovens viciados em pornografia;
5 – Pastoras com fogo na periquita incendiando o “gabinete pastoral”;
6 – Mulheres que usam o pretexto do aconselhamento individual para seduzir seus líderes;
7 – “Levitas” praticantes de sexo virtual;
8 – Padres pedófilos e etc.

“A exortação hoje é para os que se dizem cristãos, pregam Jesus, mas não vivem o que pregam. Para os que sabem que adultério é pecado, que pornografia é adultério, mas ‘consideram prazer entregar-se à devassidão em plena luz do dia. São nódoas e manchas, regalando-se em seus prazeres… Tendo os olhos cheios de adultério, nunca param de pecar, iludem os instáveis e têm o coração exercitado na ganância. Malditos! 2 Pe 2:13 e 14.’”

A conselheira responde àqueles que perguntariam como alguém que conhece a Cristo e prega a sua Palavra faria algo desse tipo, mostrando as passagens Filipenses 1:15-17:

“É verdade que alguns pregam a Cristo por inveja e rivalidade, mas outros o fazem de boa vontade. Estes o fazem por amor, sabendo que aqui me encontro para a defesa do evangelho. Aqueles, pregam a Cristo por ambição egoísta, sem sinceridade, pensando que me podem causar sofrimento enquanto estou preso.”

E alerta que para os que conhecem a Palavra e praticam tais coisas a “única saída” é o “arrependimento”. “Antes que sua alma seja requerida e antes que a volta de Cristo te surpreenda como o ladrão na noite.”

Ela ainda desafia os cristãos a se decidirem entre frio e quente. “Se optar por Cristo, mude de vida hoje, busque-o! Mas se pretende continuar se deleitando em seus prazeres, renegue-o, antes que você seja vomitado de Sua boca”.

Uma pesquisa realizada pelo “O Crente e o Sexo” no ano passado, revelou que entre os evangélicos pesquisados, 11,96% das mulheres, disseram que já traíram, enquanto para os homens a porcentagem foi de 24,68%.

A pesquisa mostrou ainda que entre as diferentes denominações, a maior porcentagem dos que já traíram pertenciam aos grupos dos Neopentecostais (26,51%), depois Batistas (22,47%), Pentecostais (21,43%) e por último os Reformados (19,41%).

Fonte: The Christian Post

21/05/2011

Colunista da Veja afirma que Ministro da Educação mentiu aos parlamentares evangélicos


Em seu blog no site da Veja, o jornalista Reinaldo Azevedo escreveu um texto desmentindo o ministro da Educação, Fernanda Haddad que esteve essa semana com deputados da Frente Parlamentar Evangélica e também com católicos para explicar o conteúdo do polêmico kit anti-homofobia que será distribuído nas escolas públicas.

O jornalista comemora que até aquele momento nenhum representante brasileiro não-gay havia sido chamado para discutir o assunto. “É a primeira vez que brasileiros não-gays estão sendo chamados a debater o assunto. Até a pouco, a questão estava entregue apenas a ONGs estrangeiras e à militância gay, como se o público-alvo do programa não fosse o conjunto dos estudantes.”

Para Azevedo o MEC tem sim culpa nos folhetos e nos vídeos que vazaram para a imprensa e que chegou às mãos dos parlamentares trazendo indignação aos mais conservadores que prometeram não votar em nenhum dos projetos em pauta no Congresso até que esse material seja recolhido.

“Aos congressistas, assegurou que filmes e cartilhas que circulam por aí ainda não são de responsabilidade do Ministério. (…) Conversa mole, e ele sabe disso muito bem. Pode ainda não ser o produto final, mas tudo foi elaborado sob o comando do governo federal”, escreveu o jornalista.

Lembrando do dia que o material didático contra a homofobia nas escolas foi apresentado, o colunista da Veja comprova que o MEC tinha conhecimento do conteúdo do programa.

O texto publicado na última quinta-feira, 19, também contesta os dizeres de um colunista da Folha de São Paulo que não achou certo o ministro da Educação sentar com os parlamentares que ele chamou ironicamente de “Bancada da Bíblia” para falar de um assunto que o Livro já condena.

Confira o texto na integra aqui.

Fonte: Gospel Prime

23/01/2011

Suposto pastor tenta suicidar-se ao ser desprezado por mulher


Suposto Pastor 200x200 Suposto pastor tenta suicidar se ao ser desprezado por mulherO autodenominado pastor, Paulo Mauricio, de 50 anos, nesta quinta-feira, chamou a atenção de muitas pessoas que passavam por uma rua movimentada no centro de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, ao tentar saltar de um prédio. No entanto, sua tentativa não foi exitosa, porque este foi impedido pelo Corpo de Bombeiros.

Qual foi o motivo? Maurício disse que cometeria suicídio porque a mulher com quem vivia há 8 anos o abandonou e mudou-se para o interior de São Paulo.

Ao ameaçar saltar de uma altura de seis metros, o pastor jogou uma folha de papel no chão que falavam de um possível complô de seus enteados, filhos de sua ex-mulher, para “tomar sua casa” – o que, de fato, é contestado por um dos filhos da ex-mulher, além do mais, há relatos de que Maurício enfrenta sérios problemas com o alcoolismo.

Fonte: Gospel Prime

Com informações de MidiaMax.

%d blogueiros gostam disto: