Posts tagged ‘Twitter’

13/07/2012

Pessoas tuitam mais sobre igreja do que sobre cerveja


Pessoas tuitam mais sobre igreja do que sobre cerveja

Em um esforço para identificar as diferenças culturais, uma empresa de análise de dados selecionou duas palavras que eles acreditam exemplificar uma divisão na maneira de ver o mundo. A pesquisa foi feita através da rede social Twitter, e as palavras escolhidas foram “cerveja” e “igreja”.

Segundo o estudo publicado pelo site Floatingsheep.org , as pessoas tuitam mais sobre igreja do que sobre cerveja, mas há clara uma divisão regional entre os tuites.

Os tuites sobre Igreja são mais comum no sudeste dos Estados Unidos, enquanto tuites sobre cerveja são maioria no nordeste.

“Descobrimos que há algumas diferenças geográficas claras no Twitter”, disse o Dr. Matthew Zook, professor de geografia da Universidade de Kentucky e co-fundador da Floatingsheep. ”Temos essas diferenças culturais na vida real que estão sendo reproduzidas no mundo virtual”.

O grupo liderado por Zook investigou cerca de 10 milhões de tuites com identificadores geográficos entre 22 e 29 junho e descobriu que 17,686 tuites tinham a palavra “igreja”, enquanto 14,405 tuites continham “cerveja”.

A decisão de selecionar especificamente estas palavras é porque os pesquisadores acreditam que religião e bebida alcoólica mostram uma diferença clara entre estilos de vida diferentes.

“Estamos fazendo isso durante algum tempo, e temos um conjunto de palavras que realmente demonstram as diferenças regionais”, disse Zook.

Segundo o relatório, que foi publicado pela primeira vez pelo jornal britânico The Guardian, San Francisco foi a cidade que mais mencionou ‘cerveja’ em seus tuites (191 vezes contra apenas  46 para a ‘igreja’). Por outro lado, Dallas é o local com mais tuites com identificadores geográficos contendo o termo ‘igreja’, com 178 menções contra apenas 83 sobre “cerveja”.

O estudo também constatou que a mesma lógica vale para outros locais. “Lugares com um elevado número de tuites sobre igreja revelam padrões de comportamento similares as e… municípios com tuites sobre cerveja seguem a mesma lógica”.

A rede social Twitter permite que os usuários indiquem o local de onde estão mandando suas mensagens, que segue as coordenadas do sistema GPS. Embora o relatório enfatize que os tuites com localização sejam raros – representam entre 1% e 3% dos tuites – essa pequena porcentagem foi usada para fortalecer a pesquisa.

Os resultados do estudo “igreja ou cerveja” confirma as tendências apontadas em outras pesquisas da Floatingsheep.org, dizem os analistas. Afinal, em média, as pessoas tuitam mais sobre assuntos que lhes são mais relevantes. Essa amostragem indica que falar sobre o que se crê é mais comum no Twitter do que comentar sobre o que se bebe.

Traduzido e adaptado de Religion News

//

15/06/2011

Blog ‘Sem deus no Coração’ ironiza intolerância no Twitter contra ateus


No Twitter, uma jovem escreveu ser “uma vergonha falar em público que não acredita em Deus”. Assim como ela, outras pessoas não têm tido vergonha de manifestar em público intolerância contra os ateus. Uma delas, por exemplo, escreveu que ser ateu é acreditar que o homem veio do “verme da merda dos dinossauros”, em uma alusão à teoria da evolução de Charles Darwin.

O analista de sistema André, 30, criou em abril o blog “Sem deus no coração” para ironizar os intolerantes do Twitter, como o rapaz que duvida da existência de ateus porque não conhece ninguém que atende pelo nome de Lúcifer ou Satanás. André retrucou: “O Belzebuzinho daqui de casa já está na quarta série”.

O blog tem cerca de 180 posts e mais de 2.000 seguidores via feed, Twitter e Facebook. André informa que os acessos são mais de 1.500 por dia.

A perseguição aos ateus no Twitter não surpreende porque reflete um dos mais enraizados preconceitos. Uma pesquisa de 2009 da Fundação Perseu Abramo revelou que os ateus e drogados são as pessoas mais odiadas pelos brasileiros. Em segundo lugar, mas com uma razoável distância, estão os homossexuais e os garotos de programa.

O que ocorre no Twitter é que lá muitas pessoas afirmam o que certamente não dizem a um ateu cara a cara. Coisa como: “Acabei de descobrir que odeio ateu. Gente idiota – se é que dá para considerar como gente”. Ou: “Quem não acredita em Deus é maléfico e perigoso.” Ou ainda: “Todo ateu é um depressivo sem esperança”.

Muitas pessoas duvidam que alguém possa ser de fato ateu, como se a descrença fosse um sintoma de uma anormalidade passageira. Nesse sentido, alguém escreveu:  “Ateu é aquele que sabe que Deus existe, mas diz que não para alimentar sua autoestima”. Ou: “Não há ateu quando um avião está para cair”. Mais: “Todo aquele que se diz ateu é porque tem vergonha de dizer que é carente de Deus”.

Existe a turma dos que acreditam que um dia os ateus vão se converter, um a um, como neste exemplo: “Muito bom o filme O Ritual. Os ateus que assistirem irão se converter”. Outro exemplo: “Não existe um ateu no inferno! Depois de 1 minuto, todos viram crentes.”

Há ainda aqueles que evocam a ira Deus contra os descrentes — “Deus não é bonzinho como vocês pensam” —  e os que dizem coisas incompreensíveis. Existe até quem consegue ser engraçado, como este: “É óbvio que Stephen Hawking não acredita em Deus. É um carinha revoltado porque não anda, não fala, nem bate punheta sozinho!”

Uma twitteira provocou: “Obrigada, Senhor, por ser um milagre de tua criação e não um acidente da evolução”. André observou: “Milagre mesmo é arrumar paciência pra ler tanta bobagem”.

Com informação do Sem deus no coração. / Paulo Lopes

02/06/2011

Usuários reclamam de possível censura do twitter à manifestação #contrapl122


Usuários reclamam de possível censura do twitter à manifestação #contrapl122Internautas que estavam em Brasília e também milhares que puderam participar mas queriam se manifestar dizendo que são contra o Projeto de Lei 122 que criminaliza toda opinião contrária ao homossexualismo, disseram que sofreram censura do  Twitter que bloqueou a hashtag #contrapl122.

O “tuitaço” precisou ser alterado para #eusoucontrapl122 já que o microblog não estava aceitando a versão anterior.

“O ato de eu ser chamada de homofóbica e preconceituosa também não é uma falta de respeito e preconceito? #SoucontraPL122,” escreveu uma internauta.

Outro usuário do twitter escreveu: “Eu quero ter meu direito de dizer o que penso…#soucontraPl122.”

Muitos optaram em usar duas hashtags para justificarem seus posicionamentos: “#NaoSouHomofobico e #SouContraPL122″.

As palavras entraram rapidamente para o Trend Topics, mas logo foram alcançadas pela vertente que apoia o PL. Muitos usuários ofendiam e insultavam os usuários que se manifestavam contra.

“Bando de cristão ordinário. #euapoioplc122sim,” escreveu um internauta.

As palavras de apoio ao projeto considerado como inconstitucional não foram bloqueadas pelo Twitter.

Fonte: Gospel Prime

02/06/2011

Religiosos entregam 1 milhão de assinaturas contra o PL 122


Líderes religiosos entregaram ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), um abaixo-assinado com mais de 1 milhão de assinaturas contra o Projeto de Lei 122/2006, que aumenta a pena para quem discrimina homossexuais. Evangélicos e católicos alegam que o projeto cria uma casta privilegiada e fere a liberdade religiosa.

O pastor Silas Malafaia atuou como porta-voz do grupo. Ele disse que não há acordo e que a proposta precisa ser arquivada: “O projeto de lei é inconstitucional. Lei contra a homofobia já existe, isso é conversa para dar privilégio a uma minoria”, argumentou. Mais cedo, cerca de 25 mil pessoas se reuniram em frente ao Congresso para protestar contra a medida. Deputados e senadores da bancada cristã participaram do ato. Silas Malafaia chegou a rasgar uma cópia do Projeto de Lei.

Os manifestantes da chamada Marcha da Família também protestaram contra o casamento gay, a legalização do aborto e a descriminalização das drogas.

Polêmica – O projeto de lei que criminaliza a homofobia foi aprovado no plenário da Câmara no ano passado. O texto prevê pena de prisão de até 5 anos para quem criticar os homossexuais publicamente, seja qual for a razão. E também estabelece punição a quem preterir homossexuais em uma seleção de emprego, por exemplo.

A relatora do texto no Senado, Marta Suplicy (PT-SP), chegou a influir uma emenda dando imunidade a pregadores que atuem dentro de templos religiosos. Mas isso não mudou a postura dos cristãos: “A senadora Marta Suplicy pensa que crente é otário”, disse Silas Malafaia, do alto de um carro de som, nesta quarta-feira. Os manifestantes vaiaram quando o nome da parlamentar foi citado.

Fonte: VEJA

10/05/2011

Gospel Gay: Grupos usam a internet para discutir temas pró-homossexualismo


Gospel Gay: Grupos usam a internet para discutir temas pró-homossexualismo

Muitos blogs e comunidades virtuais formadas por homossexuais cristãos estão usando o cyber espaço para harmonizar o cristianismo com suas práticas sexuais.

Devido aos debates entre pastores como Silas Malafaia e Marcos Feliciano que usam as redes sociais e também a TV para se posicionar contra as decisões sobre a união entre pessoas do mesmo sexo esses grupos de blogueiros conversam sobre esse “preconceito” dos líderes e lançam campanhas com posicionamentos políticos e também compartilham mensagens, trechos de filmes, vídeos e entrevistas compostas pelos membros do grupo.

Um frequentador desses grupos postou um texto falando sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal que aconteceu na última quinta-feira, 5, dando aprovação para que o Brasil passe a realizar a união civil entre homossexuais e também falando da hashtag que surgiu no Twitter com as palavras #todoscrentechora onde muitos internautas ofendiam e debochavam dos evangélicos e de pastores como os já citados que se manifestaram desaprovando a decisão do STF.

O texto é assinado por João Marinho e procura demonstrar os motivos para esse movimento no ciberespaço. Confira o texto retirado do site Gospel Gay:

Recentemente, nos trending topics do Twitter, a palavra-chave #todoscrentechora chegou entre as primeiras. Com certeza, algo a ver com a #uniaohomoafetiva – e foi a deixa para muitos acusarem os gays de preconceito contra evangélicos, ou ainda, de pagarem preconceito com preconceito.

Não digo que eu seja totalmente a favor da #todoscrentechora, pois, sim, conheço evangélicos esclarecidos – minha própria família, por exemplo – que apoiaram a decisão do Supremo. Ricardo Gondim é outro, que veio a público manifestar seu apoio ainda que colocando a cara a tapa frente a seus pares.

No entanto, por outro lado, é possível entender a reação de gays, lésbicas e de héteros que os apoiam. Graças a figuras como Silas Malafaia, Marco Feliciano, Júlio Severo, Rozangela Justino e outros, os homossexuais continuamente aviltados em um sem-número de audiências públicas na Câmara e no Senado, na internet, no rádio, na tevê.

Embora digam “amar o pecador, mas não o pecado”, muito pouco se viu, na realidade, de “amor ao pecador”, pois, em seus pronunciamentos, o pecador amado era o ofendido, sendo relacionado a toda sorte de práticas indesejáveis e até a crimes bárbaros, como a pedofilia. Foi tratado como “risco à família” (como se não tivéssemos família e brotassem da terra) e daí para baixo.

Infelizmente, para quem vê de fora a realidade evangélica (ou mesmo para quem vê de dentro!), vozes similares às de Malafaia & Cia. são mais numerosas e interferem mais no público do que as do ponderado Gondim – e esse eixo do mal evangélico (sim, me aproprio da figura de linguagem de George W. Bush) é seguido por milhares, que reproduzem, sem o mínimo de reflexão, as coisas absurdas que aqueles declaram.

Se há tantos evangélicos – e católicos! – praticantes e esclarecidos assim, é preciso, portanto, haver um movimento de dentro. Um movimento para que assumam a tribuna e diminuam a influência e poder de pessoas como Malafaia. Afinal, respeito é bom e todo mundo gosta: mas se você desrespeita primeiro, querer que o outro respeite você em seguida “não se aplica”, para adotar a expressão utilizada por Ayres Britto em seu voto – e ponhamos na balança.

O que é mais ofensivo? Um “#todoscrentechora” ou ser chamado de pedófilo e igualar as demandas de casais que se uniram pelo afeto há anos e simplesmente queriam REGULARIZAR ISSO, à zoofilia, à necrofilia, ao incesto, à poligamia não-legalizada?

Peço desculpas aos evangélicos esclarecidos pelos LGBTs que tripudiaram com a vitória no STF – mas peço também que eles entendam o porquê disso e que, mais do que ofensa, considerem um chamado para lutar contra a injustiça.

Homossexualismo e cristianismo não combinam. Ou combinam? Paralelo ao debate sobre a provação (ou não) de leis que reconheçam a união civil de casais do mesmo sexo, e da guerra midiática entre militantes pró-gay e líderes religiosos, surge um movimento que afirma encontrar um consenso.

Sim, pois não importa de que religião você seja, se seu Deus apoia ou não a homossexualidade, se você concorda ou não com o ser gay: se duas pessoas adultas e capazes se unem, constroem patrimônio juntas, dividem amor e responsabilidade juntas, deixá-las DESAMPARADAS legalmente é, sob quaisquer perspectivas, injustiça. E até onde sei, é ela também um pecado – e Deus tampouco se compraz de injustos. Amém.

Fonte: Gospel Prime /Pavablog

03/04/2011

Jeremiah Bowser e Aproxime-se gravam o programa Plugin


Jeremiah Bowser e Aproxime-se gravam o programa Plugin

Na última segunda, Jeremiah Bowser e o Aproxime-se gravaram em São Paulo o programa Plugin – Encaixes Sonoros, apresentado por Lincoln Baena nas dependências do Estúdio Tribos. Jeremiah que nos últimos dias fez a abertura da sua nova turnê ‘Come Alive’ cantou sucessos de sua carreira e nos extras convidou a Banda Aproxime-se, com quem tem aliança, para participar da canção ‘Não mais Eu’ (Not My Own) de sua própria autoria, gravada no CD da Banda Paranaense.

Paulo Alberto, líder da Banda, falou sobre seu trabalho e o relacionamento com o ministro norte americano e em seguida ministraram a canção. Além dessa participação especial, o Aproxime-se também vai gravar o programa, apresentando as canções do CD que tem previsão de lançamento para Abril.

Siga:
@JeremiahBowser
@pgm_plugin
@aproxime_se
@LincolnBaena

02/04/2011

Marco Feliciano justifica declarações no twitter e se diz perseguido por gays


As polêmicas envolvendo o nome do pastor e deputado federal Marco Feliciano estão cada vez mais quentes, após xingar alguns cristãos no twitter e ser o assunto mais comentado por algumas horas, Marco Feliciano iniciou uma discussão sobre a maldição que poderia haver sobre os africanos por serem descendentes de Noé, utilizou passagens bíblicas para embasar seus pensamentos, porém, suas palavras não foram bem recebidas.

Em seu perfil na rede de microblogs, Feliciano disse: “africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é polêmica. Não sejam irresponsáveis twitters rsss”. Em seguida, outra mensagem, afirma que “sobre o continente africano repousa a maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, Aids. Fome…(sic)”, afirmou Feliciano, que também é empresário.

O Deputado publicou em seu site oficial, uma carta onde esclarece suas declarações e faz denúncias, confira a íntegra:

“Após algumas horas de uma postagem na internet: AFRICANOS DESCENDEM DE ANCESTRAL AMALDIÇOADO POR NOÉ. ISSO É FATO. O MOTIVO DA MALDIÇÃO É A POLÊMICA. NÃO SEJAM IRRESPONSAVEIS TWITTERS rsss Fui alvo de milhares de pedradas, sapatadas, raquetadas, “twittadas”, e ainda virei matéria de midias como UOL, etc.

O que gostaria aqui de explanar, explicar e logo depois DENUNCIAR é algo grotesco e absurdo!

Primeiro a Explanação:

Gn. 9:22-25 – E viu Cão, o pai de Canaã, a nudez do seu pai, e fê-lo saber a ambos seus irmãos no lado de fora. Então tomaram Sem e Jafé uma capa, e puseram-na sobre ambos os seus ombros, e indo virados para trás, cobriram a nudez do seu pai, e os seus rostos estavam virados, de maneira que não viram a nudez do seu pai. E despertou Noé do seu vinho, e soube o que seu filho menor lhe fizera.E disse: Maldito seja Canaã; servo dos servos seja aos seus irmãos.E disse: Bendito seja o SENHOR Deus de Sem; e seja-lhe Canaã por servo. Alargue Deus a Jafé, e habite nas tendas de Sem; e seja-lhe Canaã por escravo..

No texto acima temos a citação biblica onde Noé amaldiçoa o descendente de Cão, ou seja, toda a sua descendencia, pois Canaa era o mais moço. Canaã representa diretamente a descendencia de Cão representando todos os seus filhos.
Gn.10:6 – E os filhos de Cão são: Cuxe, Mizraim, Pute e Canaã.

Acima vemos os filhos de Cão. Entre eles Cuxe. Veja abaixo a citação do Historiador Hebreu:

Flavio Josefo dá conta da nação de Cuxe, filho de Cam e neto de Noé : “Para um dos quatro filhos de Cam, o tempo não para toda a mágoa o nome de Cush; para a Etiópia , sobre o qual reinou, são ainda menos Neste dia, tanto por si e por todos os homens na Ásia , etíopes chamados. “(Antiquities of the Jews 1.6). ( Antiguidades dos Judeus 1,6).

Bem, citando a bíblia e a história, a veracidade sobre a postagem. AFRICANOS DESCENDEM DE CÃO, FILHO DE NOÉ.

Segundo a Explicação:

Como Cristãos, cremos em bençãos e portanto não podemos ignorar as maldições. Recai sobre o homem o peso da lei, toda vez que por ele a lei é quebrada.

Ex.34:7 que conserva sua graça até mil gerações, que perdoa a iniqüidade, a rebeldia e o pecado, mas não tem por inocente o culpado, porque castiga o pecado dos pais nos filhos e nos filhos de seus filhos, até a terceira e a quarta geração”.

Alguns creem que tudo acontece aqui na “horizontal” da existência, tipo, problemas vem por culpa do governo, empresarios, etc. Mas nós cristãos cremos que existem coisas que vem da “vertical”, ou seja, cremos que Deus governa o mundo. E sua palavra não volta atrás.

Todavia, também cremos que toda vez que o homem, a familia, o país, entrega os seus caminhos ao Senhor, toda maldição é quebrada na cruz de Cristo!

Tem ocorrido isso no continente africano. Milhares de africanos, tem devotado sua vida a Deus e por isso o peso da maldição tem sido retirado, afinal esta escrito na palavra de Deus:

Is.10:27 – A unção despedaça o jugo!

Gl. 3:13 – Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

Terceiro a DENUNCIA:

Desde o periodo das eleições, quando apresentamos ao povo evangélico as leis que tramitavam na camara, como a Pl. 122, comecei a receber ataques, ameaças, xingamentos, e outras coisas mais que não vale a pena citar aqui. Um dos seus representantes mais atuantes, um parlamentar eleito, ao assumir seu lugar em Brasilia, chamou a imprensa e declarou guerra a bancada evangélica. Sou o Deputado Evangélico mais votado do País. Dai seus tiros contra mim, através dos seus asseclas que ficam no twitter a espreita, procurando alguem que possam denegrir. No twitter existe um grupo de homoafetivos que deturpam tudo o que digo, e dessa vez foram longe demais! Esparramando pela midia uma matéria esdruxula! Ja fui entrevistado hoje por muitos jornalistas, alguns sensibilizados por compreenderem do que se trata, outros irritados ja me chamando de HOMOFÓBICO E RACISTA.

Alerta a comunidade evangélica! Estamos sob fogo cruzado! E é preciso uma ação coletiva de repudio a esses ataques e a essas infames insinuações, pois isso pode provocar o ódio, a cólera, a ira, e sabe Deus o que mais.

Recebi uma mensagem de ameaça de morte dizendo que estou na lista ao lado de pastores como Silas Malafaia e outros.

Conclamo a Mídia Cristã responsável, pois existem tambem no nosso meio cristão uma MIDIA MARROM, inescrupulosa, baixa, irresponsável e leviana, que se alimenta de especulações e fofocagens! Nesse momento não é o meu nome que está em jogo, nesse momento estão em jogo comigo MILHÕES DE CRISTÃOS QUE LUTAM PELA FAMILIA ASSIM COMO EU.

Que fique bem claro aqui de uma vez por todas, NAO SOU HOMOFÓBICO. O que as pessoas fazem nos seus quartos não é do meu interesse. Sou contra a promiscuidade que fere os olhos de nossos filhos, quer seja na rua, nos impressos, na net ou na TV. Respeito o ser humano, mas tenho o direito de ser repeitado também! NÃO SOU RACISTA! Sou Brasileiro com um sangue miscigenado, por africanos, indios e europeus. SOU CRISTÃO sim Senhor.

Peço oração a todo o povo cristão brasileiro, os que lutam pela familia, os que amam ao Senhor, e os que me conhecem há tempos, e sabem que como todo brasileiro sou afro-descedente. Auxilío missionários no continente africano com sustento. E ja estive por lá e bem sei da luta daquele sofrido povo. E oro por eles!

Um abraço fraterno naquele que quebrou todas as maldições, Jesus o Senhor!

Agradeço a toda mídia brasileira pelo respeito e apreço.

Pr. Marco Feliciano

Deputado Federal PSC-SP”

Fonte: Gospel Prime

24/03/2011

Chris Duran faz campanha no Twitter para participar do Programa da Eliana


O cantor gospel Chris Duran fez um apelo aos seus seguidores no Twitter para pedir a produção do SBT que o convide para participar do quadro “Tem um Cantor Gospel Lá em Casa”, parte do Programa da Eliana que já levou vários artistas cristãos para a telinha.

De um jeito ainda enrolado para escrever, ele é francês naturalizado brasileiro, Chris Duran revela seu desejo em participar do programa. “Gente,gostaria muito pisar no programa da Eliana e ministrar no nome de Jesus! Posso lhe pedir Pra vc me ajudar a pedir?”

O cantor e pastor chegou a dar o perfil do microblog da equipe do programa para que seus fãs entrassem em contato pedindo a participação dele na programação.

O quadro “Tem um Cantor Gospel Lá em Casa” é um concurso para novos talentos da música evangélica e já contou com a participação de Fernanda Brum, Aline Barros, Lázaro, Fernandinho, Oficina G3 e outros.

Fonte: Gospel Prime

 

24/03/2011

Agradecimento pelo twitter


 Agradecimento pelo twitter

“Obrigada, Obrigada, Obrigada pelas orações e o carinho d todos. Durante quase 4 meses vocês foram uma grande força. Carinhosamente, Malga Di Paula (sic),” escreveu Malga di Paula, mulher de Chico Anysio em seu Twitter.

O humorista deu entrada no Hospital Samaritano em 2 de dezembro do ano passado, com problema respiratório. Chico Anysio foi detectado com obstrução da artéria coronariana, e foi submetido a uma angioplastia.

Chico Anysio ficou 110 dias internado no Hospital, segundo assessoria de imprensa do hospital. O boletim assinado recentemente pelo cardiologista Luiz Alfredo Lamy afirma que “o estado de saúde do paciente é estável e o tratamento com fonoaudióloga terá continuidade em casa”.

Malga Di Paula foi a responsável por informar constantemente o estado de Anysio através do Twitter criado por Malga para dar notícias do humorista. Ela escreveu nesta segunda-feira 21 de março, que Chico Anysio havia deixado o hospital em uma ambulância.

“ATENÇãO – Sinere Ligada. Estou na ambulância levando o meu amor pra casa. Como eu previa! Salve Jorge! Malga Di Paula (com lágrimas nos olhos).”

Apesar de seu marido ser declaradamente ateu, a mulher do humorista pediu em seu Twitter por uma corrente de oração após aproximadamente 50 dias de sua internação. Segundo ela, a situação dele nesse período de internação nunca esteve tão grave.

“Mas a coisa mais atual que posso dizer e que nestes 50 dias de internação, o Chico nunca antes precisou de tantas orações como agora (sic).”

Depois disso, seu estado de saúde apresentou uma melhora. A pneumonia diagnosticada na base do pulmão direito regrediu.

Neste período, o próprio humorista agradeceu aos amigos e fãs que estavam já orando por ele, segundo mensagem publicada por sua esposa. “Boa noite a todos amigos e queridos fãs. Obrigada pelas Orações e vibrações positivas. Chico Anysio (por Malga Di Paula) (sic).”

Chico Anysio declarou-se ateu no ano passado depois que o filho de sua amiga Cissa Guimarães morreu atropelado. O humorista se mostrou revoltado com o acidente e usou o seu blog para falar de sua revolta com Deus.

“Mas e então? Que Deus é este que deixa que morra um menino de 18 anos,” disse ele em seu blog … “Para onde Deus estava olhando quando isto aconteceu?… Sendo assim, meus amigos eu deixo à disposição de todos a minha parte de Deus porque se Ele tem e é tantos “onis” e o mundo está como está, eu prefiro ficar sozinho,” completou.

Após isso o humorista recebeu várias ofensas das quais ele deixou resposta em seu blog a algumas delas.

“Não toco mais neste assunto, porque este é um tema que vem sendo discutido no mundo depois de Jesus aparecer … Você me garante, Daniele, que depois que eu morrer Deus vai me salvar. Mas me salvar de quê? De ter dedicado 64 anos da minha vida à diversão de pessoas como… como você, por exemplo?”

Chico foi recebido em festa em sua casa, e segundo Malga di Paula, todos os empregados e vizinhos esperavam-no na portaria do edifício.
Fonte: Christian Post

21/03/2011

Cristã e ex-atriz tenta ajudar estrela pornô que tentou suicídio


A ex-atriz pornô Shelley Lubben enviou uma mensagem para a estrela de cinema adulto Kacey Jordan que tentou suicídio na segunda-feira. Jordan esteve na polêmica festa do ator Charlie Sheen prestando seus serviços sexuais no início deste ano.

Jordan publicou várias mensagens no twitter dizendo que estava tomando pílulas com álcool na tentativa de tirar sua própria vida. Quando a polícia de Chicago chegou ao hotel a atriz estava sentada na cama, tinha cortes nos pulsos e estava rodeada de comprimidos e garrafas quebradas.

Diante das mensagens, Lubben, que hoje é evangélica, acredita que a atriz não está apenas tentando conseguir a atenção das pessoas, mas também pedindo desesperadamente por ajuda.

“Ela está on-line o tempo todo gritando por ajuda. Precisamos ajudá-la, precisamos tirá-la dessa situação e levá-la para um lugar seguro”, disse Shelley Lubben ao Christian Post.

Lubben conhece bem a indústria pornográfica e por isso quer  ajudar a moça de 22 anos de idade que além do envolvimento com o ator sofreu um aborto recentemente. Shelley está primeiramente incentivando o público  para deixar de contribuir com a pornográfica  e depois parar de pensar que a pornografia é um mundo fascinante como a maioria faz parecer.

“Eu fui diagnosticada com transtorno bipolar, eu estava realmente doente, mentalmente e emocionalmente no meu tempo de indústria pornô. Todas as estrelas pornô são assim,” disse Lubben que agora tem uma organização, a  Pink Cross Foundation, que ajuda as mulheres e os homens a saírem da pornografia.

O conselho de Shelley para a jovem Kacey Jordan é retirar-se de tudo e de todos ligados à indústria, ir a um centro de desintoxicação onde ela pode ser limpa de todo o álcool e as drogas que ela tomou, e então procurar um terapeuta e aprender habilidades de enfrentamento de ex-estrelas pornôs.

Fonte:  The Christian Post

%d blogueiros gostam disto: