Posts tagged ‘uma coisa’

22/09/2013


mulheres-tunisianas-300x200A questão do sexo no islamismo é cercada de controvérsias. Em cada grupo islâmico é tratada de uma maneira, às vezes sendo até conflitante. Mas uma coisa é certa o Alcorão tem uma promessa: “A menor recompensa para os fieis, que chegam ao paraíso, é uma habitação, onde 80.000 servos e 72 esposas estão ao seu serviço. Essa habitação é decorada com pérolas, águas marinhas e rubis, numa extensão que vai de Al-Jabiyyat até Damasco”.

Enquanto ainda estão na terra, os jihadistas (defensores da guerra santa) que combatem na Síria decidiram realizar o que vem sendo chamado de “guerra santa do sexo”. O ministro do Interior da Tunísia, Lofti Ben Jedu, explicou que mulheres tunisianas são enviadas à Síria para ajudar a satisfazer as necessidades sexuais dos combatentes.

“Elas têm relações sexuais com 20, 30… até 100 jihadistas”, explicou o ministro durante a Assembleia Nacional. “Depois destas relações sexuais, feitas em nome da ‘jihad al nikah’ (“guerra santa do sexo”), voltam para casa grávidas”, relatou. Segundo a tradição isso é um motivo de orgulho, pois trata-se da “semente dos heróis”.

A prática da “jihad al nikah” não é nova. Desde os tempos de Maomé, se permite que muçulmanos tenham relações sexuais fora do casamento com várias pessoas. Para os líderes salafistas, que defendem uma volta às origens do islã, é uma forma legítima de guerrear.

Não se pode precisar quantos tunisianos foram enviados à Síria para lutar contra as tropas do presidente sírio Bashar al-Assad. O grupo dos “rebeldes”, como são chamados pela imprensa, é constituído de pessoas de várias nações. Da mesma forma, é desconhecido o número de mulheres que viajaram para lá com este objetivo, pois só a Tunísia admitiu a prática, que é disseminada em outros países islâmicos.

Em abril deste ano, o Sheikh Othman Battikh, uma das maiores autoridades religiosas daquela nação havia criticado a prática: “Meninas tunisianas estavam sendo recrutadas para viajar a Síria e oferecer serviços sexuais aos rebeldes… Pela Jihad, estão pressionando garotas para irem até a Síria. Meninas de 13 anos foram enviadas para fazer parte da jihad sexual. O que é isso? Isso se chama prostituição”. Seu desabafo lhe custou o cargo de Mufti, líder supremo.

No mês passado, foi divulgado pela imprensa internacional que alguns grupos afiliados aos terroristas da Al-Qaeda estavam usando menores de idade, que não poderiam ser reconhecidas porque seus rostos estavam sempre cobertos por véus.

Com informações de NY Daily News.

01/11/2012

Concentração de fé reúne milhares de fiéis da IURD em Moçambique


Concentração de fé reúne milhares de fiéis da IURD em MoçambiqueA Igreja Universal do Reino de Deus de Moçambique realizou uma Concentração de Fé e Milagres em espaços abertos que ficam próximos aos templos da denominação em algumas cidades do país africano.

O objetivo era tirar a igreja das quatro paredes e atrair as pessoas que moram na vizinhança dos cenáculos. O ponto de chamada era as doenças físicas e espirituais e por este motivo dos os encontros lotaram de pessoas.

Em Maputo, capital moçambicana, mas precisamente no bairro Mafalala, o bispo Augusto de Oliveira ministrou aos presentes dizendo que Deus nunca desampara seus filhos.

“Talvez você já tenha batido em várias portas e não teve solução dos seus problemas. Uma coisa importante: você está aqui hoje diante de Jesus, e todos aqueles que se aproximaram dEle não foram rejeitados. Ele quer libertar, curar e salvar. Por isso viemos aqui, para mostrar que Jesus não mudou, é o mesmo de ontem, de hoje e será eternamente.”

Depois da ministração o bispo e os pastores levantaram um clamor pelas pessoas enfermas e muitas testemunharam a cura divina. Entre os testemunhos o site Arca Universal destaca a vida de Frederico Marques que sofria com diversas doenças.

“Depressão, angústia, tristeza e pesadelos tomavam conta de mim. Sempre que chegava ao trabalho, as dores pioravam”, conta o homem que também relata que os médicos não encontravam o motivo de tantos problemas.

A cura só aconteceu depois que ele passou a frequentar as reuniões de cura e libertação da IURD. “Participei da reunião de cura e libertação, me entreguei a Deus e permaneci firme”, diz o homem que hoje se apresenta feliz, curado, após entregar sua vida nas mãos de Deus.

Fonte: Gospel Prime

%d blogueiros gostam disto: